Review: Bakemonogatari


Bem além de apenas personagens clichês.

Antes de tudo eu vim com a ideia de trazer a review desse anime pois foi um anime que é muito bom de se discutir e eu curti muito. E no momento estou terminando de ver Nisemonogatari em uma TV de 42 polegadas em Full HD, é realmente lindo. Mas enfim, futuramente eu pretendo trazer uma review de Nisemonogatari também (esse futuro pode estar muito próximo). Então chega de conversa e vamos falar sobre o tema do post. Bakemonogatari!

 Informações do Anime: –

Título: Bakemonogatari

Título em japonês: 化物語

Gênero: Sobrenatural, romance, comédia

Ano: 2009

Total de Episódios: 12

Site Oficial: http://www.bakemonogatari.com/

Diretor: Akiyuki Shinbo

Estúdio: Shaft

História

Bakemonogatari segue a história de Koyomi Araragi, um estudante do terceiro ano do ensino médio que é um “quase-humano” após ter brevemente se tornado um vampiro. Um dia, uma colega de classe chamada Hitagi Senjougahara, que nunca fala com ninguém, cai das escadarias da escola direto nos braços de Koyomi. Ele então descobre que ela pesa quase nada, desafiando as leis da física. Mesmo sendo ameaçado por ela e avisado para que ficasse longe e esquecesse o que presenciou, Koyomi oferece ajuda e a apresenta a Meme Oshino, um estranho homem de meia idade que vive num prédio abandonado, que o fez voltar a ser humano novamente.

A série introduz uma nova protagonista para cada arco, cada uma envolvendo um “fantasma” diferente. Cada uma delas possui um item que simboliza seu fantasma, tal como o grampeador de Hitagi (uma garra de caranguejo), a mochila de Mayoi (o casco de um caracol), o braço de Suruga (o braço de macaco), o chapéu e a ruflante blusa de Nadeko (a cabeça e pele de cobra), e a roupa amarela com listras pretas de Karen (as cores de uma abelha). Os eventos do arco anterior tem papel importante nos arcos subsequentes.

A característica marcante da série são os longos e acelerados diálogos entre os personagens, que contêm um grande número de paródias e referências a outras séries.

O anime Bakemonogatari é a adaptação do Light Novel japonês criado por Nishio Ishin e ilustrado pelo desenhista taiwanês Vofan. nome Bakemonogatari é um trocadilho com as palavras bakemono (化物, fantasma; monstro) e monogatari (物語, história; conto). A série é lançada pela editora Kodansha na revista Kodansha Box.

A adaptação para anime  do estúdio Shaft (Sayonara Zetsubou Sensei, Maria+Holic) foi dirigida por  Akiyuki Shinbo e estreou em  3 de Julho de 2009 e teve um total de 15 episódios, sendo 12 exibidos na TV e 3 (OVA) na internet.

Agora sobre o plot, eu não me incomodo muito com clichês, eu meio que já me acostumei, e isso é bem aplicado em Bakemonogatari. E eu não sei o que me atraiu para a série, pois eu não conhecia o enredo e muito menos pesquisava sobre a série, e também não lembro de ninguém ter me recomendado, enfim, essa minha relação com Bakemonogatari lembra um pouco o anime, pois é sobrenatural.

Ultimamente o estúdio Shaft tenha se mostrado um estúdio muito competente ao quesito visual. E ele é um dos estúdios que para mim está tendo um bom destaque no japão. O Shaft faz a diferença.

Bakemonogatari é aquela série que passa uma sensação direta, ou você assiste e não gosta e odeia até o final, ou você assiste e gosta e adora até o final. E ele foi um anime que eu vi meio whatever. “Tenho nada pra fazer, vamos ver do que se trata”. E foi aí que eu gostei no início e adorei até o final. É uma série cheia de diálogos que pode te deixar meio confuso (quase uma lavagem cerebral). Um fato que pode incomodar um pouco algumas pessoas é que o enredo não tem um tema fixo, pois um episódio pode se derivar de vários assuntos e fatos.

O enredo do primeiro episódio foi bom do começo ao fim pois é tudo tão bom que você se vê envolvido na história querendo saber mais sobre cada personagem e ao mesmo tempo fica admirando a obra-prima que é essa animação e isso te deixa meio viciado querendo assistir mais e mais episódios. Que anime lindo de se assistir.

Um ponto fraco do anime é a falta de informações e a forma como se dá início. O anime não passa muitas informações sobre os personagens. E ele adiciona uma grande quantidade de diálogos que contribui, a meu ver, para desviar um pouco a atenção e o interesse de quem vê a série.

Mas Bakemonogatari também tem o seu ponto forte, que são os diálogos bem construídos. E acho que a grande importância do anime foi a Senjougahara. Pois foi uma personagem que eu achei muito mais muito interessante, ela é uma personagem bastante cativante, diferente daquelas personagens que se mostram vadias e se acham interessantes, a personalidade tsundere dela me atrai. E é muito legal acompanhar a relação que ela vai construindo com o protagonista Araragi.

As histórias das personagens que é passada ao longo do anime são muito interessantes. E a forma do Araragi ajudar todas as garota foi  muito legal, gostei dele, ele tem uma personalidade bem forte.

O anime visualmente é muito bom.  Os backgrounds são excelentes. As cenas e seus ângulos são muito boas. A combinação com imagens reais e animadas acaba por conseguir um bom, e é algo que eu chego a achar meio estranho, mas com Bakemonogatari eu me adaptei. Apesar de às vezes as cenas mudarem depressa demais, acabei por me habituar ao ritmo da série facilmente.

A música satisfaz bastante e parece indicada para a série, ela é realmente o tipo de música que eu queria ouvir em Bakemonogatari. E a ending também me agradou.

Bakemonogatari pra mim tem algumas falhas no enredo, pois ela deixa alguns buracos e algumas coisas passam despercebidas. Mas eu acabei gostando muito da série, personagens cativantes e visualmente é muito lindo. No começo eu não consegui me adaptar muito bem a esse anime, mas ao longo da série eu comecei a entender e a gostar. Foi realmente uma surpresa.

Nota: 5/6 Yokais

É isso aí pessoal, finalizando a review de Bakemonogatari, espero que tenham gostado e em breve eu irei trazer a review de Nisemonogatari.

Baixem Bakemonogatari na Yokai Animes

Anúncios

Publicado em 3 de maio de 2012, em Reviews e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: